Monstros além do abismo.

sábado, 24 de outubro de 2009

Poderia acreditar que o abismo teria um fim, que quando chegasse lá, o impacto seria profundo e doloroso. Mas ainda estou a cair sobre este imenso e frio abismo. Poderia gritar para ter forças e enfrentar isto? Mas como lutar contra a corrente que lhe puxa a cada vez mais para o fundo? E quando agarrada a uma corda por mais fina que fosse, porém suficiente seria para lhe segurar! Mas, que por somente alguns minutos estaria a salva dos monstros que talvez se escondesse além do abismo... Não posso vê-los, mas posso senti-los, sei que em algum lugar eles estão, e me esperam! Estão a me esperar durante a uma eternidade e por hoje estão a conseguir o que sempre buscaram.
Ninguém esta a salvo deste mal, do mal que me envolvera dia pós dia. Ninguém poderá me salvar dele e muito menos de mim mesmo.
Talvez a única solução para tudo isto fosse eu, a me entregar completamente aos monstros, deixar que as correntes me envolvam me apertem me destruam. Eu estaria rindo, pois engraçado seria e prazeroso seria por ser melhor. Ganharia o beijo da morte, o qual tanto espero e rogo noites sem fim. Sentiria meu corpo enrijecer, mas não me barraria de sentir prazer da dor. Já tão acostumada estou, que nada fará a menor diferença.



10 comentários:

  1. Resista, um dia os monstros vão parar de insistir afinal até eles um dia cedem.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá escorpiana caríssima(sou do dia 12\ 11, signo nosso contundente e emocionais nos fez,creia,braistorm esse,que oceano seu permanece,cessará, barco meu ,tanbién passou por tempestades essa,como bem disse Agatha,persista,e lá chegarás!
    Amei comentário poema seu,em campos infinitos meus de girassois!

    bzu mãos suas!

    Viva Vida!

    ResponderExcluir
  3. Olha, li e entendi perfeitamente seu post pois já senti vontade parecida, já enfrentei um monstro parecido. O que posso te dizer é que sim: nós somos muito mais fortes que isso, devemos resistir e lutar para subirmos desse fundo de poço ao invés de ajudarmos a pendurar uma pedra com uma corda em nossos pés que só nos afundaram mais. Lute, você pode e tem condições de se superar. Basta fazer pequenos esforços.

    ResponderExcluir
  4. Minha amiga,

    Penso que, de uma forma geral, mais tarde ou mais cedo, todos nós acabamos por passar por uma fase dessas.

    Cabe-te a ti e, apenas a ti derrotar tais "monstros". Pois, os mesmos não passam de meras “figuras” criados por um estado nosso mais frágil, medos ou inseguranças. Como tal, basta teres pensamentos mais positivos e, acreditares que não passam de "figuras" da tua mente, para que estes se evaporem que nem fumo.

    Mais tarde, acabarás por rir-te deles!

    Bjs com força a esperança,
    CR/de

    ResponderExcluir
  5. Sei que tem momentos que nos sentimos mais frágeis, e são nesses momentos que devemos nos resguardar, para se fortalecer. Pois a cada dia vivemos, nos transformamos e nos alimentamos...cabe a nós saber que o palco sempre muda, e ao sabermos disso, sabemos que tudo passa, tudo muda, inclusive a nossa maneira de ver as coisas.
    Obrigada por sua visita ao Wallarte, adorei...apareça quando sentir vontade.
    Bjos.
    Waleria Lima.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  6. TUDO passa!!!!
    Por mais que doa ou demore....
    Só n se entregue deixe jeito!!!
    Espero que consiga ver o mundo tão lindo que vc tá!!!
    Não se deixe levar por uma ilusão, por favor!
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. ...mas até o fundo do posso tem um fim...e uma mola!...Acredite.

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Salve !
    Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
    http://www.silnunesprof.blogspot.com
    Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
    VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
    Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
    Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
    Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
    Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
    Saudações Florestais !
    Silvana Nunes.'.

    ResponderExcluir
  9. O escuro do abismo só existe porque não há clareza de ideias. Talvez você devesse olhar para cima.

    ResponderExcluir
  10. "Poderia acreditar que o abismo teria um fim, que quando chegasse lá, o impacto seria profundo e doloroso." Nossa, sem palavras, as vezes a gente se sente como se estivesse caindo, caindo, caindo, e a unica coisa que a gente quer é chegar no final logo, mas agora você me fez pensar que o final pode ser pior do que a queda.

    ResponderExcluir

Transmita sua essência, se conseguir!







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!